Skip to content

04.04.2021Blog

Dicas da quarentena: Por que eu comprei um robô aspirador???

Olar! Pra quem não me conhece, prazer! Sou a Edi Fortini (clique no meu nome para ver meus contatos), moro em São Paulo e vim aqui contar pra vocês sobre o meu sonho de princesa da quarentena: a aquisição de um robô aspirador.

Estar muito tempo em casa, trabalhando em home office, cursando uma pós graduação e fazendo muitos cursos livres me levaram a tomar a decisão de automatizar uma parte do meu tempo comprando um assistente: o Roomba 677.

Aparentemente essa foi uma decisão de muita gente, visto que eu estava desde março aguardando o estoque de algumas marcas. Só consegui comprar o que eu queria agora, e obviamente, o preço subiu muito também (dólar alto, grande procura, etc).

Como aqui em casa em cada canto tem um gato, o chão fica com muito pelo. Estando todo o tempo em casa (#FiqueEmCasa), o chão junta muita poeira e com as brincadeiras dos gatos fica sujeira pra todo lado. Já faz alguns anos que optamos por tirar os sapatos ao entrar em casa e nessa quarentena eu estava varrendo o chão quase todos os dias, tanto para manter um ambiente agradável de trabalho, quanto para que os gatos pisassem num chão limpo também.

Por que escolhi Roomba?
A Roomba está no mercado há muitos anos. Tem peças de reposição fáceis de encontrar. É um modelo bom para limpar pelos de gatos. Muitas pessoas recomendam. Não optei pelo modelo que também passa pano justamente porque passo o pano com produtos específicos para gatos, o que pode diminuir a durabilidade dos produtos. #RoombaPagaNóis

Esse modelo 677 não é o mais comum de encontrar, mas ele tem bons diferenciais, sendo um modelo mediano entre os mais básicos e os mais elaborados.
Ele tem sensores de queda, de obstáculo e também tem uma barreira virtual, além de voltar para a base quando estiver sem bateria. Tem um algoritmo de limpeza (ele anda até achar uma parede, então ele se orienta por ela e vai rodeando os obstáculos. Ele também tem a opção “spot” que é usada para ele caprichar mais quando houver uma sujeira maior num perímetro), tem wifi para usar o app e é compatível com a Alexa (aqui em casa usamos muito).

Estou satisfeita?
A princípio, muito. Claro que a rotina vai me dizer se fiz a melhor escolha, principalmente quando eu precisar trocar peças. Você pode entrar em contato comigo caso leia esse texto no futuro e me perguntar, mas a princípio estou apaixonada por ele principalmente porque ele limpa a casa muito melhor do que eu!

O que levei em consideração:
– Preço
Pagar 10 mil, 5 mil, 3 mil num robô cuja durabilidade era incerta para mim não era uma possibilidade.

– Tradição
Tem diversas marcas que nunca vi na vida. Vários modelos. Várias funcionalidades.

– Ser bom para pelos de gatos
A potência da aspiração e o recipiente que suga a sujeira foram alguns dos diferenciais.

– Reposição de peças
As peças precisavam estar disponíveis no Brasil a longo prazo e ter um preço acessível.

– Controle por app/Alexa
O que vai me possibilitar agendar limpezas quando eu estiver fora de casa (um dia, “quando tudo isso passar”®).

Dicas de robôs aspiradores:
– A primeira dica que me deram, eu repasso: seus gatos NÃO ficarão em cima do robô, como nos vídeos fofinhos. Ao menos a probabilidade é MUITO pequena. Os meus ficam assustados e saem correndo.
– Pesquise MUITO sobre os robôs disponíveis e sobre suas funcionalidades e características. Eles são muito diversos e os preços variam muito também. Saiba bem do que você vai precisar para se decidir entre um robô de R$ 500 ou um de R$ 10 mil.
– NÃO compre por impulso. Separe algumas semanas para avaliar, comparar, ter certeza.
– Converse bastante com pessoas que compraram e que tenham uma rotina parecida com a sua. A marca chinesa hype pode não ser a melhor pra você!
– A distribuidora da Roomba no Brasil tem um Outlet. Fique de olho. O preço super compensa e eles prometem que o produto virá somente com alguns amassados na caixa ou pequenos detalhes no robô que em nada prejudicarão seu funcionamento. O meu foi comprado nesse outlet.

Espero que esse texto tenha sido útil e caso tenha, acompanhe minhas outras dicas de rotina e cultura. Se quiser, pode me seguir no Facebook para ler outros textos.

Aqui vai um vídeo do que realmente costuma acontecer quando você tem um robô aspirador:

Conteúdos recentes